Textos


Assim como a leve brisa de verão 
Fugaz ,numa sensação quase inventada
Dentro da austera solidão 
Foi a presença desejada
A me envolver,sem deixar rastros
Num instante de pura emoção.

GRATA AO POETA
Miguel Jacó
O amor vem do acaso
Acomete a quem tem alma
Nos retira tida a calma
Nos acelera o coração 
Mas depois de harmonizado
É um antro de satisfações 

GRATA AO POETA
Mdc Santos 
Tradução sem palavras
Tamanha foi a emoção 
Aconchego em boa hora
Descompasso do coração 

Um balancer e carinho
Mãos agora entrelaçadas
Adormecemos sem demora
À espera da alvorada

Mas se tudo for sonho
Que o sol não venha despertar 
Continuaremos na sintonia 
Na dimensão perpetuar 

GRATA A POETISA
Sonia Nogueira
O Amor
São dois olhares faiscantes
Dois tremores que ofuscam
São brilhantes reluzentes
Na hora das noites de lua
São carinhos que trafegam 
Na mensagem que flutua
Em agonia pertinente.
Serenlemos
Enviado por Serenlemos em 28/04/2017
Alterado em 30/04/2017


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr